Get Adobe Flash player

A abelha

Revista n.º 7 - A ABELHA - 22/07/2008


"Esse insectosinho, O melhor amigo do Homem ?...
"Se a abelha não merece o slogan de o melhor amigo do homem, bem o podia merecer. Num jornal cujo editorial apela para a construção de um futuro novo, vem bem a propósito a abelha com todas a sua capacidade de trabalho e exemplo de colectividade. Mas para além do exemplo de trabalho e de espírito colectivo com que brinda o homem seu " senhor", dá-nos o produto do seu trabalho: Mel, Pólen, Própolis e Cera.
Para muitos o mel dispensa apresentação. Segundo os antropólogos desde à cerca de 200.000 anos aproximadamente que é conhecido. Uns são já consumidores habituais, outros dedicam-se cada vez mais ao trabalho conjunto com as nossas amigas abelhas. São os apicultores. Nos últimos anos tem aumentado substancialmente o apetite pela apicultura. Assim temos hoje pessoas que se dedicam a esta actividade de norte a sul do país e ilhas, brindando-nos com mel obtido de diversos tipos de flora regional, o que nos deixa com um leque variado de opções para aplicações medicinais.

É um alimento particularmente indicado nesta época de Inverno para mantermos o nosso nível de imunidade mais elevado graças à simbiose perfeita entre os elementos que o constituem. Não se trata pois de "apenas" vitaminas e minerais na sua composição mas sobretudo da ligação harmoniosa entre todas as partes. Mas, passemos uma revisão sobre a sua composição por cada 100 gramas:
Elementos gerais: (%) Água 18,4; proteínas 0,4; gorduras, hidratos de carbono; frutose 38,5; glucose 34,9; dextrina 4,8; sacarose 3,0;
Vitaminas: Vitamina C, B1, B2, B6, PP, ácido pantoténico;
Minerais: Potássio, sódio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, enxofre, cloro, manganésio, iodo, cobre;
Alcalinidade - Calorias: Além destas vantagens de alimento rico e completo, tem a grande vantagem de ser um alimento alcalino. Como é sabido a doença prefere terrenos ácidos. Acidez segundo os mais antigos e referenciados naturopatas é fonte de toda a doença. Por cada 100 gramas o mel tem aproximadamente 326 calorias. Quanto à alcalinidade, esta vai variar consoante a flora e podemos distingui-la pela coloração, passando do mais claro ( menos alcalino) ao mais escuro: Incolor, claro, amarelo, âmbar, acastanhado, castanho escuro, sendo este último o mais alcalino.
Para quem serve?
- É recomendável para toda a gente em geral mas particularmente para crianças e pessoas idosas. Tem em geral um efeito calmante.
- Recomenda-se que as mães molhem a chucha dos bebés em mel, diluído num pouco de água e neste caso recomenda-se que seja um mel claro de sabor menos activo.
- Nos idosos recomenda-se que bebam uma infusão de plantas diariamente, que pode ser escolhida com efeitos terapêuticos variando consoante os casos individuais e que adocem a gosto com mel que de preferência também deve ser escolhido de acordo com as propriedades medicinais requeridas.
- Pela sua riqueza em hidratos de carbono é recomendável aos desportistas.
- Pelo fósforo e vitaminas é recomendável aos estudantes e trabalhadores intelectuais.
- Pelas suas propriedades terapêuticas é recomendável a quase todo o tipo de doentes desde os doentes do sistema nervoso aos do reumatismo, aos hipertensos aos dispépticos etc...
Para quem não serve ?
- É bem tolerado por muitos diabéticos devido ao facto de não ser necessário à sua digestão a acção do suco pancreático, porém neste caso todo o cuidado é pouco e portanto não se recomenda em diabéticos insulino-dependentes.
- Alérgicos podem desenvolver algum tipo de agravamento se o mel tiver pólen de plantas ás quais sejam sensíveis. Neste caso recomenda-se que sigam tratamento homeopático, insisto homeopático única arte terapêutica que os pode dessensibilizar desse alergéno, sem criar efeitos colaterais ou hipersensibilidade a outros factores.
Por tudo isto e muito mais . . . Obrigado mãe natureza, Obrigado abelhas.
 
É AINDA IMPORTANTE SABER QUE:
1. Hidromel
Uma bebida maravilhosa que vem da antiguidade. Néctar de deuses e de generais que inclusive o davam também aos seus soldados para os prepararem para as batalhas.- Juntar e mexer 10 colheres de sopa de mel com dois limões em ½ litro de água engarrafada. Beber de preferência em jejum.- Não são recomendáveis iogurtes e lacticínios em geral, devido à acidez que provocam e aos químicos e hormonas que trazem por acréscimo ao organismo já muitas vezes cansado e intoxicado, mas para quem não consiga resistir pode uma vez por outra deliciar-se com um iogurte ou um requeijão bem adoçados com mel.

2. Própolis
É tido como um antibiótico natural. Existe no mercado sob a forma líquida e de pomadas para uso tópico e de cápsulas para uso interno.
3. Pólen
Muito rico em vitaminas, aminoácidos e minerais é no entanto um alimento um pouco difícil de tomar para muitas pessoas e pode provocar também algumas reacções alérgicas, pelo que preferimos recomendar a geleia real.

4. Geleia real
O alimento da abelha mestra. É um alimento por excelência para grávidas e intelectuais em esforço ou convalescença de esgotamentos tanto físicos como nervosos.Na foto pode ver-se uma larva de abelha-mestra envolvida em geleia real. É um alimento riquíssimo em vitaminas, aminoácidos e oligoelementos. Consta ser tradição na casa real inglesa todas as grávidas tomarem diariamente a sua dose de geleia real.


  • Facebook: 100010063560908
  • YouTube: MydoctorClinic

Conselhos de saúde do Prof. Carvalho Neto.