Get Adobe Flash player

AArtedecurarA arte de curar (19/02/2008)

História da Homeopatia ou a "A Arte de Curar" é um livro de inestimável valor na biblioteca de um profissional de saúde como na de qualquer pessoa interessada nestas áreas de práticas de medicina não convencional.

De há uns anos que se vem a assistir a um crescente interesse da população pela prática da medicina natural, tentando uma grande maioria de pessoas fugir da medicação química e procurar ajuda para os seus problemas de saúde dentro dos recursos naturais.
A Homeopatia tem-se mostrado a forma mais simples mais rápida, mais económica e mais eficaz de tratamento, conseguindo granjear a simpatia e a maior procura de entre todas as práticas de medicina natural, dentro da Comunidade Europeia.
No nosso país existe uma desinformação, parece que propositada, sobre as diferentes práticas de medicina natural confundindo-se a Homeopatia com a Naturopatia e Fitoterapia ou com métodos pretensamente homeopáticos mas que não o são, como a Complexoterapia ou a Homotoxicologia alemãs e o Pluralismo Alternista francês.

Este livro conta-nos como apareceu a Homeopatia pelas mãos do seu criador o Dr. Samuel Hahnemann, médico, químico e farmacêutico prestigiado pela comunidade cientifica da sua época e também odiado por quantos cheios de inveja não conseguiam cientificamente ultrapassa-lo.
Está assim dado o primeiro passo para o esclarecimento sobre esta maravilhosa Arte de Curar que dia a dia atrai mais adeptos. Outras obras se seguirão, porém esta será sempre o alicerce do estudioso quer seja um simples simpatizante ou um profissional.
O autor não tem a pretensão de ter conseguido esgotar todos os factos que preencheram a vida deste grande ser humano mas teve a preocupação de que todos os relatos descritos viessem de fontes comprovadamente seguras.
Finalmente esta é uma obra única na literatura portuguesa e esta é uma edição limitada a 500 exemplares autografados pelo autor. O Editor.


  • Facebook: 100010063560908
  • YouTube: MydoctorClinic

Conselhos de saúde do Prof. Carvalho Neto.